jessica - maranhão

Durante muito tempo eu apenas busquei e busquei e busquei, mas sentia que estava em uma "corrida de hamster na gaiola": apenas correndo sem sair do lugar. Sentia que precisava ser uma boa filha, uma boa amiga, uma boa aluna, uma boa funcionária...  também queria ser capaz de ganhar dinheiro, de ter liberdade, seja econômica, ou profissional, ou pra falar o que eu queria falar na hora que eu queria falar, ou de fazer o que eu queria fazer na hora que eu queria fazer….
Com o tempo, fui perdendo a energia de apenas correr e correr e correr... Onde eu precisava chegar? Estava sempre extremamente ansiosa, mesmo tendo as melhores pessoas ao meu redor, mesmo morando e conhecendo lugares incríveis, mesmo sem nunca “me faltar nada”... sentia vazio, sentia sempre que alguma coisa estava faltando e que nunca era suficiente. Além de tudo não era capaz de entender as pessoas, nem sentia que as pessoas me compreendiam... Estava cansada. 
Tentei meditar, mas era impossível "deixar passar os pensamentos" ou "me concentrar em um ponto"... Às vezes, fazendo técnicas assim, até conseguia realmente sentir um relaxamento profundo, mas quando voltava pra rotina, todos aqueles pensamentos imparáveis continuavam dentro de mim. 🤯
Até que um dia, talvez no momento em que eu mais precisava, tive a sorte de receber um convite pra participar de uma palestra sobre essa meditação, em que eles explicaram sobre como eu poderia encontrar todo o acúmulo desnecessário guardado dentro de mim e limpar através de um método simples de descarte. Então, eu decidi começar e seguir esse processo… hoje sou muito grata por isso e sinto que foi a decisão mais importante da minha vida. Como o método é todo baseado em rever e descartar, a primeira coisa que eu percebi ao rever é que com todo aquele lixo guardado dentro de mim, toda aquela sujeira escondida dentro de mim, era realmente impossível não ser ansiosa, não sentir dúvidas, não sofrer, ou saber onde eu precisava ir... Percebi que na verdade eu estava completamente bloqueada e que, se não meditasse, provavelmente em breve precisaria de remédios para tentar controlar toda aquela ansiedade e bagunça dentro de mim. Também descobri que dentro daquela mente cheia de carga desnecessária eu realmente nunca encontraria resposta e nunca seria capaz de ser feliz ou de realizar todas as coisas que eu tanto corria em busca de realizar, mas que com milhões de pensamentos mal sabia como fazer.
Hoje, depois de ter limpado toda essa bagunça dentro de mim, minha mente é infinitamente mais clara e posso ver as situações e simplesmente saber o que preciso fazer. Finalmente não sinto mais que preciso correr, mas que posso simplesmente viver. Quando eu estou comendo, estou apenas comendo. Quando estou lendo, estou apenas lendo. Quando estou conversando, estou apenas conversando. Com uma sensação de alívio tão incrível que mal posso descrever, escapei daquela neblina mental que me perseguia em cada momento. Escapei daquela ansiedade que me consumia sempre antes do próximo ato. Percorri vários lugares, áreas profissionais, círculos de pessoas (...), mas somente meditando eu finalmente fui capaz de encontrar a liberdade e a felicidade que eu tanto almejei - agora finalmente e simplesmente sei que posso ser feliz em qualquer momento, independente da condição externa!